Os 100 Melhores azeites de Portugal

O Azeite de Qualidade Invade o Brasil
6 de fevereiro de 2018
A Arte do Azeite
16 de fevereiro de 2018
Exibir tudo

Os 100 Melhores azeites de Portugal

O Jornalista português Edgardo Pacheco publicou no final de 2016 o livro “os 100 melhores azeites de Portugal, destacando na edição os top 10.

No livro ele destaca os critérios que utilizou: Provou todos os azeites do pais que teve conhecimento. Um número próximo de 200 marcas. Se algum ficou de fora era por que não possui divulgação. Os cem escolhidos foram por critério de qualidade e ficaram de fora os que continham defeitos.

QUALIDADES: Os azeites de qualidade possuem frutado agradável e diferentes níveis de amaro e picancia. Frutado: Aroma e sabor frescos que talvez o façam lembrar de coisas verdes (grama cortada) e frutas ou legumes; é vivo e atraente. Amargo: Normalmente sentido atras da língua, na garganta, e característico de certos cultivares de oliveira. é parte importante do retrogosto do azeite. Picante: A sensação pungente está associada a azeites jovens prensados a partir de azeitonas não maduras, e podem até induzi-lo a tossir. Pode não ser sentida imediatamente, mas fazer parte do retrogosto de um azeite.   SABORES A SE PROCURAR Gramíneo: Ao mesmo tempo sabor e aroma. Lembra grama recém cortada e é característico de azeites jovens feitos de azeitonas semi amadurecidas. Sabor de Nozes: o sabor de amêndoas doces está associado a azeites feitos de azeitonas totalmente maduras.. A maioria dos azeites adquire um sabor de nozes a medida que envelhece.Outros atributos positivos: Alcachofra, alcachofras bravas, grãos, um sabor herbáceo geral ou “verde”, cítricos, tomates (e folhas de tomates), frutas secas, amêndoas, maçãs, peras, bananas e frutas tropicais.

Azeites com qualidade demonstram a preocupação com o produtor em todas as etapas do processo: Cultivo adequado, processos produtivos adequados e também a embalagem e estocagem e distribuição adequadas.  A azeitona cultivada com cuidados e sem falta e excesso de água terá mais qualidade. Após colhida, como é sensível à deterioração, deve ser esmaga a frio logo em seguida, em menos de 24 horas em lagar higienizado. O azeite teme luz, calor e odores e por isso deve ser  armazenado  em garrafas escuras e locais limpos, secos e com pouca luz.

DEFEITOS: O azeite sem qualidade não possui as características acima e sim outras que são consideradas defeito, por que não são agradáveis. Rançoso: O defeito mais comum, resultado da oxidação. Muitas pessoas não reconhecem o ranço e pensam que é o gosto “normal” do azeite. Deixe um copo com um pouco de azeite por uma semana no batente de uma janela onde bata sol e você aprenderá a reconhecer o cheiro de ranço. Avinhado/avinagrado: Aroma e sabor de vinho/ vinagre, causado por fermentação anaeróbica das azeitonas. Mofado: bactérias e fungos podem infectar seriamente azeitonas armazenadas e transmitir ao azeite um gosto por vezes chamado de mofo ou bolor. Turvo-enlameado: o sedimento no fundo da garrafa se deteriora- geralmente se torna marrom ou preto- e o azeite fica com gosto de podre. Apagado: causado pelo aquecimento da pasta (no processamento), que deixa um gosto insosso.

Azeites com defeitos indicam pouca preocupação com as etapas de cultivo, produção e armazenamento. Talvez o mais comum é encontrar azeites apagados com pouca presença dos fatores positivos de aromas, sabor, amargor, picancia e persistência.

Edgardo provou os 200 azeites de todas as regiões de Portugal e destacou apenas a metade, pela ausência de defeitos. Destes, e elencou os TOP 10 como destaque nos itens de qualidade.

Esses destaques estão na presença forte dos fatores positivos de aromas, sabor, amargor e picancia. Aliando persistência no final. Ou seja azeites marcantes

A Companhia do azeite traz azeites de  treze produtores de Portugal e todos eles estão no guia. Cinco deles possuem marcas entre os top 10: Magna Olea, Casa de Santo Amaro Prestige, Monterosa, Cabeça das Nogueira e Fio da Beira.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *